Últimas Notícias

Fique por dentro das novidades que o CEMNAS traz para você

  • 20 ago 2014
    Descubra qual é a importância das obras de arte para o Enem 2014

    Descubra qual é a importância das obras de arte para o Enem 2014

    O Enem é uma prova interdisciplinar. Isso significa que as questões costumam envolver diferentes disciplinas e a História da Arte não fica fora disso. É comum encontrar questões que incitem o aluno a analisar uma obra de acordo com o seu contexto histórico, político ou social. Se você quer garantir uma boa nota no Enem 2014, veja o que o professor de História da Arte Valdson Bernardes,contou para a Universia Brasil sobre o assunto:

    "Em primeiro lugar, é preciso entender os contextos histórico, político, econômico e social para depois analisar a obra e buscar referências visuais a esses contextos ou a inserção de elementos que os justifiquem", comentou o professor.

    Isso significa que o aluno deve estar familiarizado com fatos importantes da história global para começar a analisar uma obra de arte. Mas e se você não conhecer o contexto histórico da obra? Se você se deparar com uma obra de arte que cujo contexto você não conhece, não se desespere. Existem alguns elementos visuais que podem ser identificados nas obras para ajudar você a lembrar do cenário histórico na qual a pintura foi feita. Veja algumas dicas do professor:

    1 - A tinta têmpera, a tinta a óleo ou a acrílica começaram a ser utilizadas na pintura em épocas muito diferentes e igualmente distintas, todas posteriores ao afresco, por exemplo.

    2 - A utilização de mosaicos e vitrais é bastante característica da Arte Bizantina e Gótica, respectivamente.

    3 - Conhecendo-se a técnica aplicada, podemos ter uma ideia da época em que essa obra foi produzida, ou por eliminação, da época em que ela NÃO poderia ter sido produzida, mas mesmo assim com uma margem considerável de erro.

    Outra questão importante que muitos levam em consideração erroneamente é a verificação da época valendo-se da mobília representada na obra.

    E o que mais cai no Enem

    As obras de arte estão presentes em diferentes disciplinas do Enem. Isso acontece porque essa é uma prova interdisciplinar e que vai procurar associar a arte com contextos históricos, incentivando a interpretação da imagem e até mesmo situando-a no contexto geográfico.

    Segundo o professor, obras como a Guernica, de Picasso e O Grito, de Edvard Munch são figurinhas carimbadas no Enem. "Não podemos deixar de lado o Fauvismo de Matisse, e o Surrealismo (destacando as obras de Dali e Magritte)", comentou. Além disso, é preciso estar sempre antenado com o que acontece no universo da arte. "O aluno deve prestar atenção às bienais, mostras de dança, cinema e teatro. O Grafitti também já foi tema do Enem com uma ótima abordagem", disse.

    Fonte: Universia Brasil

    Escreva o seu também