Últimas Notícias

Fique por dentro das novidades que o CEMNAS traz para você

  • 01 nov 2014
    Aos 45 anos, mulher faz Enem pela 1ª vez e sonha com vaga na universidade

    Aos 45 anos, mulher faz Enem pela 1ª vez e sonha com vaga na universidade

    Aos 45 anos, a moradora de Palmas, Jorneis Lima, projeta um futuro melhor para ela e a família. A secretária terminou o ensino médio em 2010, depois de parar os estudos em 1988. Apesar do tempo perdido, ela não parou. Fez um curso técnico em 2012 e agora pretende ingressar na universidade através do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). "Eu quero o mais rápido possível, a idade não espera. Temos que buscar, correr atrás".

    A intenção da secretária é fazer a faculdade de Serviço Social. "Eu me identifico muito com este trabalho, me chama atenção trabalhar em hospitais e nos outros lugares onde o serviço é realizado". A expectativa de Jorneis é que até o próximo ano, ela esteja dentro de uma universidade compartilhando conhecimento com os outros estudantes.

    Após terminar o curso, o objetivo é batalhar para ser aprovada em um concurso público. "A estabilidade é o que a gente mais procura", diz. Por causa da rotina, ela conta que não tem muito tempo para estudar, mas que quando pode, dá uma revisada nas matérias cobradas no exame. Jorneis afirma que já atuou como fiscal nas provas do Enem e considera o nível razoável. "Com esforço, dá para tirar uma boa nota".

    O desejo de Jorneis em ingressar na universidade inspira e desperta ainda mais a admiração que os dois filhos têm por ela. Inclusive foi Tayla Lima, de 23 anos, a filha mais velha, que lembrou a mãe sobre o exame no último dia de inscrições do Enem.

    A jovem faz engenharia civil no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFTO), em Palmas. Dedicada aos estudos, sabe tanto quanto a mãe, a necessidade de ter um curso de nível superior para conquistar uma boa posição no mercado de trabalho. "Infelizmente ela não pôde aproveitar a juventude para cursar uma universidade. Veio de família de baixa renda e de uma educação básica precária. Mas agora que tem a oportunidade de entrar torço muito que ela consiga. Certamente, ela vai contribuir com o conhecimento que adquirir".

    Se depender da torcida dos filhos, Jorneis já é uma estudante universitária. O filho mais novo, Tony Lima, de 21 anos, também vai fazer o Enem para cursar administração, e o desejo dele é que os dois consigam uma vaga. "Seria interessante, quem sabe. Acho interessante a atitude dela. Nunca é tarde para começar", concluiu.
    O Enem ocorre nos dias 8 e 9 de novembro em todo o Brasil.

    No Tocantins, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) 69.506 pessoas se inscreveram para fazer o exame. No Brasil, o total de inscritos chegou a 8.721.946, sendo que as pessoas com mais de 30 anos fazem parte da segunda faixa etária com maior número de inscritos.

    Fonte: G1

     

    Escreva o seu também