Últimas Notícias

Fique por dentro das novidades que o CEMNAS traz para você

  • 02 Mai 2014
    Como acelerar seu aprendizado

    Como acelerar seu aprendizado

    Você costuma demorar muito para aprender coisas novas? Bom, a verdade é que isso não significa que você tenha dificuldades. Talvez seja a hora de tentar um novo método de estudos que se adapte melhor à sua rotina. Quer saber qual é ele? Confira a seguir 4 hábitos que prometem acelerar o seu aprendizado:

    1 - Quantidade x Qualidade

    De que adianta você dizer que estudou durante 4 horas se, na verdade, durante este tempo parou várias vezes o que estava fazendo para ler e-mails, curtir fotos e trocar mensagens com os amigos? A verdade é que não importa quanto tempo você estudou, mas sim a atenção dedicada ao que estava sendo estudado, portanto mantenha-se longe de distrações e tente focar naquilo que realmente importa. Tenha em mente que quantidade e qualidade são coisas completamente diferentes.

    2 - Dividir o conteúdo

    Nosso cérebro tem maior facilidade de aprendizado quando o conteúdo é separado em partes menores, cujos assuntos sejam os mesmos (ou ao menos parecidos). Antes de estudar, agrupe o conteúdo em tópicos.

    3 - Recompensas

    Estudar deve ser algo prazeroso, então que tal fazer um jogo consigo mesmo para melhorar o processo de aprendizagem? Crie apostas, estabeleça recompensas... Enfim: use a sua criatividade para fazer com que o seu cérebro se acostume (e goste) do hábito de estudar. Você verá que, com o tempo, este hábito o fará assimilar novas informações numa velocidade cada vez maior.

    4 - Intervalos

    Como já dissemos no primeiro item, mais valem 2 horas de estudos nas quais você tenha dedicado toda a sua atenção, do que 4 horas cheias de distrações. Logo, ao invés de tentar estudar por horas a fio, estude durante períodos menores e com foco total e, em seguida, faça pequenos intervalos para descansar seu cérebro e recarregar suas energias. Pode parecer difícil, mas não desista: a chave do sucesso está em tentar e se habituar.

     

    Fonte: Universia Brasil

     

    Escreva o seu também