Últimas Notícias

Fique por dentro das novidades que o CEMNAS traz para você

  • 09 mar 2015
    Finalistas dos Jogos de Educação Financeira disputam R$ 380 mil

    Finalistas dos Jogos de Educação Financeira disputam R$ 380 mil

    Brasília - Serão conhecidos na próxima segunda-feira (9), durante a 2ª Semana de Educação Financeira, os seis vencedores do Prêmio de Desenvolvimento de Jogos de Educação Financeira. A iniciativa é promovida pelo Sebrae Nacional, em parceria com o Banco Central (Bacen), que oferece R$ 380 mil em prêmios. A solenidade de abertura da 2ª Semana de Educação Financeira, que será realizada de 9 a 15 de março, reunirá representantes do do Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef) e de instituições financeiras envolvidas.

    O objetivo da premiação é incentivar a evolução e o aumento da oferta de jogos digitais que contribuam para o aprimoramento da gestão financeira dos pequenos negócios e pessoal dos empreendedores. De um total de 223 jogos cadastrados, cinco selecionados são voltados para empreendedorismo na área urbana e um para atividade rural.

    Os jogos foram analisados e classificados por uma banca formada por especialistas em educação financeira da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), do Banco Central do Brasil (Bacen), do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Associação de Educação Financeira do Brasil. Também fizeram parte da banca especialistas em games do Google, da Abragames, da aceleradora Sementes e da área de capacitação empresarial do Sebrae Nacional.

    O Rio Grande do Sul teve três jogos pré-selecionados. Goiás teve dois representantes e Pernambuco teve um pré-selecionado. O primeiro lugar em cada categoria receberá R$ 80 mil, o segundo R$ 70 mil, o terceiro R$ 60 mil, R$ 50 mil ao quarto e R$ 40 mil ao quinto colocado.

    Finalistas com o Pizza Delivery, Otto Oliveira e Leonardo Amora, de Porto Alegre (RS), desenvolveram um jogo que auxilia o empreendedor na gestão financeira do negócio. "A gente sabe que o mercado de desenvolvimento de jogos é dominado por grandes empresas que investem pesado no marketing. Por isso, decidimos fazer o próprio game, porque é um mercado promissor", afirma Leonardo.

    Professor do curso de desenvolvimento de jogos digitais, João Rodrigues, de Brasília, foi selecionado entre os finalistas do prêmio com o Colheita de Empreendedor, game que orienta o empreendedor rural a gerenciar uma colheita. "Por meio do jogo é possível trabalhar com variedade de grãos na bolsa de valores. A gente incentiva a comprar na baixa cotação e vender na alta, entre outras dicas", observa.

    De acordo com o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, os jogos são ferramentas estratégicas para estimular o empreendedorismo e aperfeiçoar as capacidades de gestão dos donos de pequenos negócios. "De forma lúdica e educativa, os games abordam assuntos essenciais ao cotidiano de uma empresa, como administração das finanças, serviços financeiros, recursos humanos e inovação, como também assuntos relacionados à gestão das finanças pessoais dos empreendedores que envolvem orçamento pessoal e familiar, uso do crédito e o hábito de poupar. Essa é uma ótima oportunidade para se estabelecer um contato inicial com esses temas e adquirir conhecimentos prévios sobre a educação financeira", afirma.

    Além dos prêmios em dinheiro, os autores desses jogos assinarão com o Sebrae um termo de cessão para que os games possam ser disponibilizados gratuitamente no Portal do Sebrae (www.sebrae.com.br) e na Plataforma do Desafio Universitário Empreendedor (www.desafio.sebrae.com.br).

    Concorreram jogos nas categorias RPGs, Ação, Aventura, Estratégia, Emulação, Simulação e Quebra-Cabeça. Entre os quesitos avaliados foram considerados realismo e aplicabilidade; estágio de desenvolvimento do jogo; usabilidade (facilidade de uso); jogabilidade e qualidade das funcionalidades desenvolvidas; inovação; entretenimento; integração com redes sociais; originalidade; qualidade da produção; viabilidade técnica; correlação com a temática da premiação; além de outras especificações contidas no regulamento da premiação.

    Fonte: Administradores

     

    Escreva o seu também