Últimas Notícias

Fique por dentro das novidades que o CEMNAS traz para você

  • 20 abr 2015
    Exclusivo: ministro da Educação pede desculpas por problemas no Fies

    Exclusivo: ministro da Educação pede desculpas por problemas no Fies

    Depois da revolta de milhares de estudantes, o Ministério da Educação decidiu ampliar o prazo para as inscrições do Fies, o crédito estudantil. Trezentos mil alunos foram barrados na renovação do financiamento. O ministro Renato Janine deu uma entrevista exclusiva ao Bom Dia Brasil e pediu desculpas pelas falhas.

    Parece que o MEC mudou de ideia de novo sobre as faculdades que aumentaram a mensalidade acima da inflação. Primeiro o Ministério da Educação bloqueou a matricula de estudantes nas faculdades que aumentaram a mensalidade acima da inflação, isso sem avisar ninguém. Depois anunciou que iria permitir a renovação do Fies em instituições que tivessem dado reajuste de, no máximo, 6,4%. Agora o ministro Renato Janine disse que nenhum estudante será prejudicado.

    A pedido do Bom Dia Brasil, as três estudantes estão entrando no site do Fies para tentar fazer a renovação do financiamento estudantil. Esta é apenas mais uma de várias tentativas, todas sem sucesso, desde janeiro.
    Quase 300 mil estudantes também não conseguiram. A
    mensagem que aparece há meses manda procurar a faculdade.

    "Ainda tem representantes do Fies dentro de cada universidade. Nós vamos conversar com esse representante e ele nunca está, para ninguém", afirma Miranda Pereira das Virgens.

    "Isso atrapalha nos estudos, porque nosso curso é muito difícil, é na área da saúde, a gente precisa estudar muito. E isso compromete muito, a preocupação é diária", lamenta Carina de Souza.

    Diante de tantos problemas o governo anunciou o novo prazo para renovação do Fies: passou de 30 de abril para 29 de maio, uma sexta-feira.

    Em uma entrevista exclusiva, o ministro da Educação admitiu falhas no sistema. "Houve uma falha sim, apesar de estar chegando há pouco tempo. Nós temos, enquanto MEC, que pedir desculpas. Nós estamos apurando, já notamos que houve ataques de hackers, o que não é raro em grandes plataformas, no Enem isso acontece também", afirmou Renato Janine.

    O ministro deu uma garantia, inclusive para os que estudam em faculdades que aumentaram a mensalidade mais que a inflação. "Vai ser renovado mesmo nesses casos. O governo vai discutir com a instituição, vai querer justificativas para o aumento. Se não considerar a justificativa, tomará outras medidas, mas de qualquer forma não vai penalizar o aluno".

    E quem já pagou as mensalidades? "Os que já pagaram e que tenham o empréstimo renovado, que vai ser o caso de todos que já tenham o empréstimo renovado, a instituição vai ressarci-los", disse.

    Mas no caso das novas inscrições, o prazo foi mantido. Os candidatos ao Fies têm até o dia 30 de abril, quinta-feira que vem, para se cadastrar. Só assim será possível formalizar o empréstimo. E o aluno tem que ter tirado pelo menos 450 pontos no Enem e não pode ter zerado a redação.
    O problema é que eles também não conseguem concluir o passo a passo da inscrição. Desde fevereiro tem sido assim com a Waleska de Souza. "Então, eu tentei vários horários, de madrugada, de dia, todos os horários. E assim, a dificuldade é a mesma", afirma.

    E a novela dos problemas não termina. Com a expectativa de corte no orçamento da educação, o MEC ainda não publicou o edital para o programa Ciências sem Fronteiras, que dá bolsas para universidade no exterior, e o Pronatec, de cursos profissionalizantes já foi adiado. E devem ser readaptados.

    "Estes programas que você falou todos vão ter continuidade e nenhum vai ser suprimido. O que nós podemos fazer é eventualmente escaloná-los no tempo. No escalonamento, ao invés de todas as vagas serem oferecidas no prazo que seria o normal, deixar para o ano que vem por hipótese. Espero que não cheguemos a isso", afirma Renato Janine.

    Esse adiamento deve amenizar a ansiedade de muitos estudantes, mas reforçando que no caso das novas inscrições do Fies, o prazo termina mesmo na próxima quinta-feira.

    Fonte: Bom Dia Brasil

     

    Escreva o seu também